Na página virada,
uma beleza que ficou pra trás.
A página seguinte, meu destino, tanto faz.

— Flora Figueiredo (via bah-brandao)

Motim

bah-brandao:

Eu estou de saída 

e que ninguém me siga 

Quero falar sozinha,

chutar a sombra,

cuspir no prato.

Rasgar a censura,

perverter a seita,

maldizer o gato.

Reduzir a etiqueta a pedacinhos,

desembarcar onde o lugar é descaminho,

esquecer o bicho em extinção.

Sem pedir permissão 

quero ficar comigo 

e, se for preciso, me ponho de castigo 

                                                                              Fola Figueiredo

É difícil seguir quando seu ferimento é maior que sua esperança

— (via bah-brandao)